sexta-feira, 18 de setembro de 2015

O ESPLENDOR DO ENCONTRO ENTRE AS ALMAS


Imagem - art by Anna Rita Angiolelli 


O ESPLENDOR DO ENCONTRO ENTRE AS ALMAS


O silêncio da noite inventa tais orquídeas
Que perfumam o dia a manhãs de luz
Em corpo que se veste de perenes caricias
Que o coração respira em leque que seduz.

O alvor do pensamento cruza tais sentimentos
Que quando os olhos abrem sente pétalas de flores
A embalar o sonho daqueles momentos
Que alimentam a essência de mui amores.

O silêncio da noite traz ao linho que a cobre
O olor adamascado melodioso da madrugada
Em baladas que pautam pano nobre.

O esplendor do encontro entre as almas
Que dançam uníssono inventa cambraia refinada
Em bilros celestiais que anunciam alvoradas.

® Maria Pessoa
(pseudónimo)